Psicoterapia online

O atendimento online é algo novo e desafiador que vem atrelado a uma necessidade real da sociedade. 

É uma oportunidade extremamente importante para os brasileiros que vivem no exterior utilizarem a língua materna durante o processo terapêutico. Além de tais casos, o atendimento psicológico online beneficia as pessoas com dificuldades de locomoção e torna-se acessível para aqueles que não encontram profissionais próximos.

O atendimento online é regulamentado pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia), através da Resolução CFP N° 11/2012, o qual admite a realização de até vinte sessões anuais. 

No entanto, o CFP publicou em maio de 2018, a Resolução 11/2018, que está liberada a psicoterapia online da mesma forma que ocorre a presencial, sem restrição ao número de sessões. As regras entrarão em vigor no dia 10 de novembro de 2018. 

De acordo com o Código de Ética Profissional do Psicólogo, é dever do profissional manter o sigilo de todas as informações trocadas entre o psicólogo e o paciente. 

Os meios de comunicação online não são totalmente seguros, assim recomenda-se utilizar computadores, tablets ou telefones pessoais, evitar o uso de computadores públicos, procurar um lugar tranquilo, silencioso e privado durante o atendimento, e desativar a opção de guardar histórico ou deletar o histórico após a sessão. 

O tratamento online não é indicado para casos mais graves que necessitam de um acolhimento presencial. Cabe ao psicólogo fazer uma avaliação e orientar o paciente.