set 202021

É possível fazer uma análise à distância? Os fundamentos psicanalíticos são respeitados quando os pacientes não estão na poltrona ou no divã?

Freud (1913) no texto “O início do tratamento” estabeleceu que a condição fundamental da psicanálise é a associação livre, o talking cure, ou seja, que o paciente fale livremente tudo que lhe vier à cabeça. Freud anunciou recomendações e não regras rígidas. 

Lacan, na sua época, propôs novas ideias sobre a técnica, enfatizando a importância da fala e do discurso do paciente. Ele nos advertiu que deve renunciar à prática da psicanálise o analista que não conseguir estar à altura do seu tempo. 

Lacan (1953) afirmou que se ficarmos presos à técnica tradicional será impossível falar sobre a doutrina. Ele sublinhou que é preciso levar em conta os fundamentos da teoria, como a palavra e o campo da linguagem, “a técnica não pode ser compreendida nem corretamente aplicada, portanto, quando se desconhecem os conceitos que a fundamentam” (p.247). 

Fink (2007) coloca que a presença do analista é eficaz se ele escuta muito bem um lapso, uma hesitação, um tropeço, um suspiro ou um bocejo. Ele também exalta a fala e a escuta como condições fundamentais para se efetuar uma psicanálise. “O que me parece absolutamente essencial, penso, é a escuta. Analista e paciente devem ser capazes de ouvir um ao outro. É o que o paciente diz, e como ele diz, que é de grande importância na análise. (p.234) 

Além de considerar os conceitos primordiais da psicanálise para se pensar sobre a técnica, é imprescindível levar em conta a particularidade de cada caso. Possivelmente a análise on-line não é para todos, mas o que dentro das questões humanas poderiam ser consideradas como universais?

Assim, vale a pena retomar as condições de entrada em análise para se pensar no caso a caso. 

O sofrimento do paciente é um enigma para ele? Ele se dirige ao analista questionando seu sintoma e tentando compreender o que ele pode revelar? 

Os pacientes que são atendidos on-line falam, associam, cometem atos falhos, e relatam seus sonhos nas sessões? Será que esses pontos podem ser indícios de entrada em análise? 

As questões referentes ao atendimento on-line me acompanham há muito tempo, pois atendo à distância desde 2016. Com a crise mundial do Covid, o ano de 2020 foi marcado por essa modalidade, sendo a única possibilidade de acompanhar os pacientes. Por isso, penso que é urgente refletir sobre esse assunto e fundamentá-lo teoricamente a partir da experiência clínica. 

FREUD, “O início do tratamento”, volume XII, 1913.

FINK, Bruce. Fundamentos da técnica psicanalítica: uma abordagem lacaniana para praticantes, 2007. 

LACAN, Jacques. “Função e campo da fala e da linguagem em Psicanálise”. Os Escritos, 1953. 


Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *